Juventude de Rua

Andando na rua, parado no semáforo ou jantando em seu restaurante favorito, com quantos jovens em situação de rua você se deparou no último mês? Achou incômodo, deu uma esmola, prestou atenção ou simplesmente ignorou? Essas crianças e adolescentes são jovens como todos os outros, com sonhos e medos, problemas e potenciais, dores e prazeres… E têm direitos, que muitas vezes não são respeitados. Sofrem violência, abuso sexual e estão mais vulneráveis às drogas. Em 2011, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável realizaram uma pesquisa nas capitais e maiores cidades do país, em que identificaram cerca de 24 mil crianças e adolescentes em situação de rua, sendo que a maior parte deles fugiu de casa por causa de brigas com familiares, violência doméstica ou uso de álcool e drogas. A Constituição Brasileira e o Estatuto da Criança e do Adolescente dizem que é dever do Estado cuidar de seus jovens, mas o que realmente tem sido feito? Qual a real situação dessas pessoas? O que precisamos fazer para mudar essa realidade? O Câmara Ligada debate esse tema com um deputado e especialistas no assunto, ao som da banda Ataque Beliz. A gravação acontece essa sexta, dia 23, e o programa vai ao dezembro.