Bastidores: quem incentiva a leitura?

A blogueira convidada para atualizar o nosso blog durante a gravação do programa sobre Literatura foi a Taize Odelli. A garota é uma leitora assídua e tem um blog  com resenhas de vários livros que leu. E foram muitos! O trabalho dela é tão legal que várias editoras são parceiras do seu blog, o www.rizzenhas.com . 

Um leitor não brota do nada. Existe por trás de um leitor todo um incentivo, um trabalho de mostrar para a criança, desde pequena, que ler é legal. Ou, como diz a campanha da Thalita, “Ler é bacana”. E quem mostra isso para a criança?

Segundo Iris Borges, uma pesquisa apontou que os maiores incentivadores da leitura são, respectivamente, as mães e os professores. O ato de ver os pais lendo, de contar histórias para os filhos, facilita a entrada da criança no mundo da leitura. Ver a mãe lendo é um primeiro contato que desperta a curiosidade para a criança, que vai querer saber o que é aquele objeto estranho que ela segura e para onde olha tão atentamente. Uma hora, ela vai pegar esse objeto na mão e vai descobrir que é um livro, que nele tem histórias legais e que é uma boa maneira de conhecer novas coisas e passar seu tempo livre.

E esse trabalho deve ser continuado na escola através dos professores. Trazer bons livros para a sala de aula, trabalhar as obras de forma inovadora e que desperte ainda mais essa curiosidade do jovem pelo livro. Imagina, não seria ótimo passar um bom tempo durante as aulas se divertindo com um livro? Isso levanta uma questão muito importante, que é mostrar aos professores o que há de bom para seus alunos lerem. Então fica um aviso: professor, não tenha medo de indicar aquela história bacana para seu aluno. E escola, deixe seu professor recomendar bons livros para eles!

Taize Odelli – rizzenhas.com