Bola no pé, na cabeça e no coração

É isso aí galera, chegou a hora. Temos novidade no ar hoje. A última gravação foi com a banda carioca Seu Cuca. James Lima, Daniel BZ, Bruno Lima e Pedro Jóca deixaram a platéia e convidados no clima do surfe com uma música de esquenta, responderam à perguntas sobre como a banda se formou e sobre como alcançaram o sucesso. Um pouco por sorte, um pouco por coincidência e com certeza pelo talento não é?!

Convidamos também: Vanessa Riche, que faz cobertura esportiva para SporTV; Dimba, jogador do Ceilândia, e  Jorge André Nunes, que representa o Liverpool no Brasil. Os três estão por dentro do mundo esportivo, aptos para debater sobre futebol e copa do mundo.

Razão de interesse

Lidar com a bola não é só brincadeira pessoal. Para muita gente é a chance de se profissionalizar, ser reconhecido profissional e financeiramente e ser feliz trabalhando bastante, mas com o que se gosta.

Por outro lado, essa paixão guarda alguns perigos. Para quem joga é preciso, além de desenvolver a estrutura física, ficar esperto com falsas promessas. Não é raro agentes acordos de carreira internacional e ao chegarem ao destino, em outro continente, os jovens ficarem largados, sem qualquer apoio.

Dos jogadores, quem dá sorte, além de ter a vida muito mudada por causa da fama, recebe enorme pressão da torcida. Torcida essa que em boa parte esta “organizada”. Atenção, essa organização deve priorizar a festa, a alegria, a comemoração e principalmente o respeito. Os tumultos em estádios e após jogos decisivos é o contrário do que a sociedade busca, e isso foi pontuado no debate.

Mais participantes

Lotando o auditório estavam as escolas: CEF – 04 da Ceilândia, CED Darcy Ribeiro e o Colégio La Salle. Jovens do ensino fundamental mostraram que são antenados e, como todo Brasileiro, se interessam por futebol, a paixão nacional.

Para quem quer mais detalhes lembrem-se, Jessyka Ribeiro veio ao programa com olhar analítico de blogueira.  Abaixo têm posts sobre como fluiu a gravação segundo palavras da estudante de jornalismo. Equanto ela curtia asatrações também escrevia para a galera. 

Equipe Câmara Ligada