Debate sobre o futebol feminino no Brasil!

O debate continua. A apresentadora Evelin abre a questão do futebol no Brasil como uma carreira. A jogadora de futebol feminino Nádima Skeff afirma que prefere, atualmente, continuar a investir nos seus estudos, antes de atingir sua meta como jogadora de futebol.
Ela também diz que começou a jogar com 9 anos. Em seguida, jogou em campeonatos com 15 anos. Ela afirma que desde quando nasceu, o futebol já era uma paixão. Mas diz que não tem como criar laços com o futebol, pelo fato da realidade ser diferente. E afirma, mais uma vez, que prefere investir nos estudos.


O Deputado Magela fala sobre o poder público e concorda que é necessário encontrar formas de financiamento do futebol feminino, devido ao grande número de meninas interessadas no futebol no Brasil.
Ele afirma que, para o futebol feminino crescer, são necessários campeonatos e competições que procurem investir na modalidade como uma realidade no país, e não apenas como um tabu quebrado.

Postado por: Paulo.